Inscrições abertas para o IX Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul

19/09/2009 11:36

Florianópolis sediará o IX Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul, entre os dias 25 a 27 de novembro de 2009. O tema deste ano é “A expansão da Educação Superior – Experiências e Perspectivas”, abrangendo as áreas temáticas de: acesso e permanência; avaliação e credenciamento; educação a distância; estrutura acadêmica e administrativa; gestão de pessoas em IES; internacionalização e mobilidade acadêmica; marketing institucional; políticas públicas e institucionais; e universidade e sociedade.

A equipe organizadora aguarda um público de 500 pesquisadores oriundos da Argentina, Uruguai, Paraguai e das diversas regiões do Brasil.

As inscrições para participar do evento podem ser realizadas até o dia 14 de outubro de 2009. O prazo para submissão de artigos encerra-se no dia 13 de agosto. Os melhores trabalhos serão publicados em revistas científicas. Confira os detalhes, prazos e a programação no site do evento, www.inpeau.ufsc.br/coloquio09.

Mais informações pelo telefone +55 (48) 37216646.

Curso de Planejamento Estratégico na UFSC

15/09/2009 11:15

Estão abertas as inscrições para o curso de Planejamento Estratégico na UFSC, com 45 horas-aula e início em outubro.

Dispomos de apenas 45 vagas para a primeira turma, que serão preenchidas pelos que forem mais rápidos. Após a 45a inscrição, terá início uma lista de espera para eventuais desistências, ou para as próximas turmas, com datas a serem definidas. Acesse já o sitehttp://planejamentoestrategico.fepese.org.br e garanta a sua vaga.

Equipe de divulgação das atividades do CAD/UFSC

Seminário: O Tratado de Bolonha

02/09/2009 11:37

O professor visitante da Universidade Técnica de Lisboa (UTL), José Maria Carvalho Ferreira e o doutorando Giovani Ehrhardt proferem, hoje, dia 02/09, às 14 horas, no Centro Sócio-Econômico (CSE), a palestra “O Tratado de Bolonha: Desafios e Oportunidades. O paradigma dos Centros de Excelência”. Os professores estão na UFSC participando do projeto “Universidade e sociedade: cooperação transnacional e interinstitucional de conhecimentos em Educação Superior”, que afirma o convênio de cooperação, intercâmbio e assistência técnica que detém o Inpeau e o Centro de Investigação em Sociologia Econômica e das Organizações (Socius) desde 2005. O projeto financiado pela CAPES e Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).

IX Colóquio Internacional Sobre Gestão Universitária na América do Sul

29/05/2009 11:38

A equipe Inpeau e seus parceiros comunicam que já está aberto o período de submissão de artigos científicos na área de Gestão Universitária.

mapaas
Confira os detalhes, prazos e as temáticas no site do evento.Para o IX Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul deste ano foi escolhido o tema “A EXPANSÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR: EXPERIÊNCIAS E PERSPECTIVAS”.

Lançamento do livro de Bernardes no saguão do CSE

27/05/2009 11:39

O lançamento do livro “Gestão Patrimonial: Materiais Permanentes e Bens Móveis” do pesquisador do Inpeau, José Francisco Bernardes, realizado ontem no Hall do Centro Sócio-Econômico (CSE) da UFSC, contou com a presença do reitor da UFSC, Alvaro Toubes Prata, do diretor do CSE, Ricardo José Araújo Oliveira, da vice-presidente da comissão de implantação da Universidade Federal da Fronteira Sul, Bernadete Limongi, do diretor do Inpeau, Pedro Antônio de Melo, professores do CSE, técnico-administrativos, estudantes, a equipe do Inpeau e convidados.

Bernardes falou sobre a sua trajetória como funcionário da UFSC, alertou sobre a necessidade de desenvolver estudos em gestão patrimonial e conclui lembrando que a implementação de inovações no Patrimônio da UFSC é a próxima etapa a ser vencida. O diretor do CSE ressaltou a magnitude dos estudos realizados no Inpeau e a contribuição de Bernardes com seu estudo tanto ao CSE, onde implanta projeto piloto de gestão patrimonial, quanto à instituição. O reitor da UFSC parabenizou o autor reafirmando a forte atuação do Inpeau e salientou a dedicação do servidor Bernardes que está produzindo conhecimento para a instituição.

GESTÃO PATRIMONIAL: MATERIAIS PERMANENTES E BENS MÓVEIS

19/05/2009 11:39

Entrevista
Pesquisador do Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária (INPEAU), José Francisco Bernardes, 49 anos, lança o livro “Gestão Patrimonial: Materiais Permanentes e Bens Móveis” no Hall do Centro Sócio-Econômico (CSE) da UFSC, nesta terça-feira, 26 de maio, às 19 horas. Bernardes é servidor da instituição há 30 anos, atua no Inpeau e na Divisão do Patrimônio. Atualmente desenvolve tese de doutorado sobre a ‘administração patrimonial nas instituições públicas federais’, dentro do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento. O livro, publicado pela Imprensa Universitária, resulta de um ensaio realizado para a fundamentação teórica da pesquisa do doutorado.

Agecom: Antes de abordar a temática do seu livro, poderia explicar o que é Gestão do Controle Patrimonial?

Bernardes: Controle patrimonial é uma forma pela qual as organizações gerenciam todos os bens móveis e imóveis adquiridos de variadas formas (compra, doação etc). São eles os mobiliários, equipamentos, computadores, veículos, terrenos, prédios, entre outros e que são utilizados como recursos para que essa organização atinja seus objetivos ou metas planejadas na execução de seus serviços ou linha de produção. Trata-se do controle de toda a logística necessária, em termo de materiais permanentes (que dura dois anos ou mais), para que a organização operacionalize suas ações do dia-a-dia.

Agecom: Como surgiu a idéia de escrever um livro sobre o tema?

Bernardes: Este livro surgiu de uma necessidade que pude observar no mercado desde que iniciei meus trabalhos em Administração de Recursos Materiais e Patrimoniais, no ano de 1981. Nesta época em que os procedimentos administrativos já acusavam necessidades de melhoria. A gestão do controle patrimonial nas organizações, apesar do volume de recursos financeiros investidos na aquisição de bens móveis e imóveis para fornecimento de serviços ou nos projetos e pesquisas, infelizmente é tratada como um serviço meio.
As inovações nos setores de patrimônio públicos e privados acontecem lentamente e identifica-se pouca literatura a respeito da temática. Passados os anos, o motivo de continuar a idéia desse livro foi que a literatura pouco acrescentou e por perceber que detalhes técnicos poderiam ajudar aos gestores no desenvolvimento de estratégias e políticas de controle patrimonial em suas organizações.

Agecom: O que é discutido no livro?

Bernardes: Nesse livro procuro apresentar, de forma direta e prática, conceitos e definições a respeito do tema patrimônio. O papel do controle patrimonial nas organizações e o porquê são importantes. Relaciono o que chamo de protocolos verbais. Uma linguagem utilizada pelos gestores nos setores de patrimônio em que visitei e que entendo ser uniforme dentre os demais colegas do setor. Comento sobre os processos que envolvem o setor de patrimônio em seu âmbito geral. Também são relacionadas rotinas executadas por um setor de patrimônio. Contextualizo aspectos importantes da legislação pertinente aos setores de patrimônio, nesse caso para as instituições públicas federais brasileiras.

Agecom: O foco está na gestão?
Bernardes: Outras temáticas são inseridas no contexto da gestão patrimonial por se entender que a gestão patrimonial nas organizações também se utiliza da multidisciplinaridade das ciências para se desenvolver.
Como exemplo disso pode-se destacar as tecnologias da informação e da comunicação que deveriam ser utilizadas para o controle patrimonial e deixá-lo totalmente integrado com as ações organizacionais. Norteia-se também sobre a gestão do conhecimento, considerando que os setores de patrimônios são locais intensivos de conhecimento e como uma ciência que dissemina as novas práticas de gestão e troca de experiências. Comenta-se sobre as ferramentas inteligentes voltadas para a prática da gestão patrimonial, quando se percebe a dificuldade dos gestores, em muitos casos públicos, em colocar os setores de patrimônio de suas organizações, sendo gerenciados pela internet ou intranet, por exemplo.
No demais, identificou-se lições aprendidas e tendências de práticas patrimoniais que podem servir de exemplo para todas as organizações brasileiras públicas e privadas.

Agecom: Qual é seu objetivo com esta publicação?
Bernardes: Espero que essa publicação desperte a atenção dos gestores públicos para a problemática e agregue valores ou contribua para um debate contínuo sobre a gestão patrimonial brasileira, seja em organizações públicas ou privadas, principalmente no controle de bens móveis e imóveis permanentes subsidiando as inovações necessárias.

José Francisco Bernardes, Msc.
joseber@reitoria.ufsc.br
UFSC-www.proinfra.ufsc.br/
DGP – Depto. de Gestão do Patrimônio –
(48) 37219583
Doutorando do PPG-EGC/CTC/UFSC – www.egc.ufsc.br
Pesquisador do INPEAU/CSE/UFSC – www.inpeau.ufsc.br
48 – 99620548.

Concurso para Professor Efetivo da UFPI

13/05/2009 11:41

A Universidade Federal do Piauí lança edital para contratação de professores.

Abertas as inscrições para Concurso Público da UFPI, Universidade Federal do Piauí, destinado a seleção para preenchimento de cargos docentes nos Campi Doutor Amílcar Ferreira Sobral – na cidade de Floriano, Ministro Petrônio Portella – na cidade de Teresina, Senador Helvídio Nunes de Barros – na cidade de Picos e Professora Cinobelina Elvas – na cidade de Bom Jesus.

Confira o edital no site: http://www.ufpi.br/concursoufpi/visualizar.php?parte=e_p_i&id=4

Mesa Redonda: Planejamento Estratégico Universitário

17/04/2009 11:42

TRANSMISSÃO AO VIVO a partir das 18H30min.

Veja a Programação aqui: Apresentação

“Planejamento Estratégico Universitário” é o tema da próxima Mesa Redonda promovida pelo Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária (Inpeau) da UFSC, no dia 22 de abril de 2009, às 18h30, no Auditório da Reitoria.

A Mesa Redonda será composta pelos palestrantes: Sebastião Iberes Lopes Melo, Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc); Martinho Isnard Ribeiro de Almeida, professor da Faculdade de Economia Administração e Contabilidade (FAE) da Universidade de São Paulo (USP); Luiz Alberton, Secretário de Planejamento e Finanças da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Maurício Fernandes Pereira, professor do Centro Sócio-Econômico (CSE) da UFSC.

Esta é a segunda atividade realizada pelo Inpeau, dentro do projeto Fórum Universidade em Debate, que tem o propósito de ‘fomentar o debate de idéias sobre a realidade universitária no Brasil’.

INSCREVA-SE GRATUITAMENTE

Os inscritos recebem certificados de participação no final do encontro. Informações pelo telefone (48) 3721.6646 ou inpeau@inpeau.ufsc.br.